O que o brasileiro pensa?
07 de julho de 2020, 06h36

Vera Magalhães critica hashtag “Força Covid” após suspeita de Bolsonaro e toma invertida de Jean Wyllys

Para a jornalista, as pessoas que comemoraram o possível contágio do presidente se tornaram "aquilo que condenam" e ironizou o movimento antifascista

Vera Magalhães (Reprodução)

A jornalista Vera Magalhães foi às redes sociais na noite desta segunda-feira (7) para criticar a repercussão da hashtag “Força Covid“, que se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter após a suspeita de que o presidente Jair Bolsonaro estaria com coronavírus.

A apresentadora do Roda Viva, da TV Cultura, disse que as pessoas que compartilharam a hashtag se transformaram “naquilo que condenam” e ironizou o movimento antifascista.

“Saio do programa e vejo que o tema mais comentado do país é uma hashtag desejando força ao vírus. Sinto dizer que você se transformou naquilo que condena. Ou talvez sempre tenha sido, só que com selinho antifapra pagar de humanista. Fracassamos como sociedade”, escreveu a jornalista.

Em resposta, o ex-deputado Jean Wyllys (PSOL), exilado político, disse que a apresentadora também “fracassou como sociedade” por, segundo ele, ter votado em Bolsonaro sabendo que ele havia elogiado torturadores da ditadura militar.

“Você também é uma prova de que o Brasil fracassou como sociedade quando fingiu não ver que seu candidato a presidente elogiou um torturador durante o golpe contra uma presidenta honesta que você até hoje nega ter acontecido. Hipócrita”, escreveu o ex-deputado.

No final da tarde desta segunda-feira (6), Bolsonaro revelou que está com sintomas da doença, como febre de 38 graus, e que realizou um teste de coronavírus por suspeitas de que tenha sido infectado. O resultado deve ser divulgado nesta terça.

Confira:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum