Fórum Educação
08 de abril de 2020, 07h12

Vereador do PSL, acusado de chefiar milícia em Belford Roxo, testa positivo para coronavírus

Após o diagnóstico, o advogado de Marcinho Bombeiro entrou com um pedido de prisão domiciliar para o parlamentar

Reprodução/Facebook

Márcio Cardoso Pagniez (PSL), vereador e ex-presidente da câmara municipal de Belford Roxo, município da Baixada Fluminense, foi diagnosticado com covid-19. Conhecido como Marcinho Bombeiro, o parlamentar está preso desde outubro do ano passado, acusado de chefiar uma milícia e de ser mandante de duas mortes na cidade.

De acordo com o O Globo, o miliciano começou a ter sintomas da doença no fim do mês passado e, com a piora no quadro, solicitou atendimento médico. Márcio foi levado para o Hospital Central Aristarcho Pessoa, no Rio Comprido, e lá fez o teste para saber se estava com a doença do coronavírus.

O advogado do parlamentar, Flávio Fernandes, entrou com um pedido de prisão domiciliar na última segunda-feira. Ele argumenta que a própria secretaria estadual de Saúde do Rio, Ministério da Saúde e Organização Mundial de Saúde (OMS) recomendam o isolamento domiciliar para quem for contaminado pela doença. Ainda não houve decisão para o requerimento.

Marcinho Bombeiro está detido desde 22 de outubro no Grupamento Especial Prisional dos Bombeiros, em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. O veredor é acusado de ser o mandante das mortes de Bruno de Paula Silva e Lucas Patrick da Silva Gomes, que eram usuários de drogas.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum