Vídeo: Por coronavírus, 12 retroescavadeiras abrem covas em Cemitério em São Paulo

"Surreal o negócio, é uma situação dificílima...", disse membro do Sindsep que registrou a cena

O cemitério da Vila Formosa, localizado na zona leste de São Paulo, amanheceu com um movimento atípico neste sábado (18). Ao menos 12 retroescavadeiras estavam no local abrindo covas para vítimas fatais de Covid-19.

Vídeo divulgado pelo Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep) mostra a ação das máquinas no cemitério que estampou a capa do The Washington Post no dia 2 de abril em razão da quantidade de novas escavações.

“Estamos aqui no cemitério da Vila Formosa e é isso que eles estão fazendo… Abrindo covas, abrindo covas, abrindo covas…”, diz João Batista Gomes, secretário de imprensa do Sindsep, que registrou o trabalho das máquinas.

Gomes não soube definir a situação, mas provocou uma reflexão. “Sei lá… Surreal o negócio, é uma situação dificílima… Eles estão fazendo isso por que? Não há uma expectativa de chegar corpos novos? Se preparem…”, disse ainda.

Na quinta-feira, prefeitos de cidades do Rio de Janeiro e do Espírito Santo receberam um ofício do Exército questionando a possibilidade de fazer enterros em massa em razão do coronavírus.

Assista ao vídeo:

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Lucas Rocha é formado em jornalismo pela Escola de Comunicação da UFRJ e cursa mestrado em Políticas Públicas na FLACSO Brasil. Carioca, apaixonado por carnaval e pela América Latina, é repórter da sucursal do Rio de Janeiro da Revista Fórum e apresentador do programa Fórum Global

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR