Weintraub contraria resolução que pede fechamento das universidades e manda alunos voltarem às aulas

Em vídeo, ministro diz que "precisa" que estudantes de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia voltem à rotina

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, publicou um vídeo em suas redes sociais na noite desta terça-feira (17) pedindo que os estudantes da área da saúde, como alunos de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia, voltem às aulas, mesmo em meio à pandemia do coronavírus.

Declaração de Weintraub vai na contramão da resolução do Ministério da Saúde que aconselha as pessoas a evitarem aglomerações neste período para evitar a propagação da doença.

“Peço aos alunos de Medicina, Enfermagem, Fisioterapia e Farmácia que VOLTEM ÀS AULAS! Os departamentos de Saúde das universidades não podem parar. A NAÇÃO, nesse momento, precisa de gestores serenos e da união de todos”, escreveu Weintraub no Twitter.

No vídeo, Weintraub também critica governadores, prefeitos e reitores por terem cancelado as aulas nas universidades, chamando a decisão de “antecipada”.

“Tenho certeza que nós brasileiros, juntos, vamos dar uma lição ao mundo de como uma nação se comporta diante de um desafio desses”, finaliza.

Confira:

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.