O que o brasileiro pensa?
10 de abril de 2020, 07h37

Yanomami de 15 anos é o primeiro indígena a morrer por coronavírus

Os pais do estudante, cinco profissionais da saúde indígena, um piloto de avião e a Comunidade Helepi, com cerca de 70 pessoas, estão em isolamento

Alvanei Xirixana, de 15 anos, nascido na Comunidade Helepi, na Terra Indígena Yanomami, no Estado de Roraima, é o primeiro indígena a morrer por coronavírus no Brasil.

A informação foi confirmada pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), do Ministério da Saúde, na noite desta quinta-feira (9). Alvanei morreu às 21 horas por complicações da infecção no pulmão devido à doença Covid-19.

O jovem estava internada desde o dia 3 de abril, mas segundo o médico infectologista Joel Gonzaga, da Sesai, em entrevista à Agência Amazônia Real, o quadro de saúde se agravou “com o comprometimento cerebral, tromboembolismo e complicações da resposta inflamatória do vírus”.

O estudante tinha a saúde afetada por ter contraído, antes da Covid-19, “doenças como desnutrição, anemia, malárias repetitivas e foi tratado, mês passado (março), de Malária Falciparum”, disse Gonzaga.

Os pais do estudante, cinco profissionais da saúde indígena, um piloto de avião e a Comunidade Helepi, com cerca de 70 pessoas, estão no isolamento e monitoramento pela Sesai por terem mantido contato com o Alvanei. Até o momento não há informações sobre como o menino foi infectado pelo novo coronavírus.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum