YouTube remove vídeo onde a bolsonarista Leda Nagle defendia uso da ivermectina

Ela ainda tentou enganar o algoritmo grafando a palavra de maneira errada: “1vermect1n4”, mas não deu certo

A apresentadora bolsonarista Leda Nagle teve um vídeo removido do YouTube onde defendia o uso da ivermectina contra a Covid-19.

Ela ainda tentou enganar o algoritmo grafando a palavra de maneira errada, “1vermect1n4”, mas não deu certo.

O vídeo continha uma entrevista com a médica Lucy Kerr, defensora do “tratamento precoce” que também teve vídeos deletados na plataforma.

“O vídeo foi removido por violar os Termos de Serviço do YouTube”, informa o YouTube.

Com informações do DCM

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.