Imprensa livre e independente
25 de janeiro de 2019, 18h18

Corpo de Bombeiros confirma a morte de três pessoas em rompimento de barragem

Segundo o tenente-coronel Eduardo Ângelo Gomes, comandante do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres, a tragédia desta sexta-feira (25) será maior do que a de Mariana

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação O Corpo de Bombeiros confirmou que pelo menos três pessoas morreram e 200 ficaram feridas, depois do rompimento de uma barragem de resíduos de minérios em Brumadinho, na Grande Belo Horizonte, de acordo com informações de Vinicius Segalla, da Carta Capital. Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais Segundo os bombeiros, o número de mortos e o de feridos deve subir no decorrer das próximas horas. Informações do Ministério da Saúde dão conta que há 150 leitos hospitalares montados em Brumadinho para amenizar os efeitos...

Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O Corpo de Bombeiros confirmou que pelo menos três pessoas morreram e 200 ficaram feridas, depois do rompimento de uma barragem de resíduos de minérios em Brumadinho, na Grande Belo Horizonte, de acordo com informações de Vinicius Segalla, da Carta Capital.

Fórum terá um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Segundo os bombeiros, o número de mortos e o de feridos deve subir no decorrer das próximas horas.

Informações do Ministério da Saúde dão conta que há 150 leitos hospitalares montados em Brumadinho para amenizar os efeitos da tragédia. Segundo o tenente-coronel Eduardo Ângelo Gomes, comandante do Batalhão de Emergências Ambientais e Resposta a Desastres, se suas suspeitas forem confirmadas, a tragédia desta sexta-feira (25) será maior do que a de Mariana (MG), em novembro de 2015, deixando 19 mortos e um desastre ambiental sem precedentes.

Agora que você chegou ao final deste texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Veja também:  Campanha antidrogas do governo federal vira motivo de piada nas redes

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum