Imprensa livre e independente
08 de setembro de 2017, 11h30

Crônica de Camilo Vanuchi: O que Palocci fez com Lula…

Uma conversa entre dois amigos sobre o depoimento de Antônio Palocci ao juiz Sergio Moro, tentando incriminar Lula em troca de benefícios.

Uma conversa entre dois amigos sobre o depoimento de Antônio Palocci ao juiz Sergio Moro, tentando incriminar Lula em troca de benefícios. Por Camilo Vanuchi – Mano do céu… – Que foi? – O Palocci fudeu o Lula. Você viu? – Não vi. O que foi que ele falou? – Que o Lula sabia de tudo. – Eita. Tipo o quê? – O esquema com a Odebrecht. – Vixe. Agora vai. – Vai. – E ele mostrou uns áudios? – Não. – Uma sala repleta de mala de dinheiro? – Não. – Já sei: contas no exterior? – Não. –...

Uma conversa entre dois amigos sobre o depoimento de Antônio Palocci ao juiz Sergio Moro, tentando incriminar Lula em troca de benefícios.

Por Camilo Vanuchi

– Mano do céu…
– Que foi?
– O Palocci fudeu o Lula. Você viu?
– Não vi. O que foi que ele falou?
– Que o Lula sabia de tudo.
– Eita. Tipo o quê?
– O esquema com a Odebrecht.
– Vixe. Agora vai.
– Vai.
– E ele mostrou uns áudios?
– Não.
– Uma sala repleta de mala de dinheiro?
– Não.
– Já sei: contas no exterior?
– Não.
– Extratos bancários?
– Não.
– Uma compra de sentença?
– Não. Nada disso.
– Pelo menos um helicóptero com coca?
– Não.
– Algum depósito na conta da Marisa?
– Neca.
– Palocci pelo menos participou das negociações?
– Diz que não. Mas o molusco contava para ele depois.
– Contava?
– É.
– Tem vídeo disso?
– Não.
– Gravação?
– Não.
– Grampo?
– Não.
– Testemunha?
– Não.
– Eram só ele e Lula? Ninguém mais viu?
– Só os dois. Petralhas.
– E a delação foi homologada?
– Foi.
– O juiz aceitou?
– Claro!
– Saquei.
– Não é incrível?
– Realmente. É incrível.

Veja também:  As “coincidências” entre o pedido de Moro para “inverter a ordem” de operações e a condução coercitiva de Lula

Foto: Reprodução

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum