1ª Mostra ZLGBT reúne artistas periféricos com música e poesia

Evento online e gratuito acontece de 05 a 08 de abril

A 1ª MOSTRA ZLGBT, realizada pelo Coletivo Acuenda, apresenta artistas LGBTQIA+ em uma ação de visibilidade e representatividade para abrir espaço à uma sociedade plural e cultural. A programação conta com shows, leitura de poesias e conversas sobre temas atuais, além da promoção de artistas LGBTQIA+ periféricos.

Com a participação das artistas Anna Bueno, Bia Ferreira, Danna Lisboa e Uma Luiza Pessoa, a mostra chega para inovar a linguagem de eventos musicais já existentes nas periferias e busca se aproximar da geração de excluídos que não aceitam mais o papel social que o machismo e o preconceito impõem na sociedade. O projeto tem como objetivo abrir caminhos e dar voz à artistas com trabalhos potentes que vivem em periferias e em diversos lugares da cidade de São Paulo.

A 1ª MOSTRA ZLGBT tem exibição online e gratuita pelo canal do Coletivo Acuenda no YouTube, do dia 05 a 08 de abril, sempre às 21h, cada dia com uma artista diferente. As atividades têm duração de 30 minutos e fazem parte do projeto “ZLGBT, ou PERIFERIDA: Colorindo o CEU da Zona Leste” – contemplado pela 4ª Edição do Programa de Fomento à Cultura da Periferia da Cidade de São Paulo – Secretaria Municipal de Cultura.

O Coletivo Acuenda é formado por jovens artistas com sede no Jardim Romano, bairro do extremo leste de São Paulo, e é conhecido por trabalhar a temática LGBTQIA+ há seis anos.

SERVIÇO

1ª MOSTRA ZLGBT | PROGRAMAÇÃO ONLINE

05/04 – 21h | Danna Lisboa 

06/04 – 21h | Anna Bueno

07/04 – 21h | Bia Ferreira

08/04 – 21h | Uma Luiza Pessoa 

Assista em https://bit.ly/ColetivoAcuenda

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta.

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR