Fórumcast, o podcast da Fórum
03 de janeiro de 2018, 13h04

As três maiores bilheterias de Hollyood em 2017 têm mulheres nos papéis principais

A última vez em que isso aconteceu foi há 60 anos

A última vez em que isso aconteceu foi há 60 anos

Da Redação*

Tanto dentro como fora da tela, Hollywood, em 2017, foi definida por suas mulheres, e a prova está nas bilheterias. Pela primeira vez desde 1958, os três principais lançamentos americanos de maior arrecadação apresentaram protagonista femininas no papel principal.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

“Guerra nas Estrelas: O Último Jedi”, que mostra a Daisy Ridley como a ambiciosa Rey, obteve o primeiro lugar nas paradas com arrecadação de US$ 517 milhões. Esta marca foi mantida durante a maior parte do ano por “A Bela e a Fera”, que estrelou Emma Watson como uma das heroínas mais famosas da Disney. Já Gal Gadot ocupou o terceiro lugar, com “Mulher Maravilha”, que se tornou o filme do verão com US$ 412,5 milhões.

De acordo com os dados de Box Office Madness e Box Office Mojo, que registraram gráficos de bilheteria para filmes publicados antes e depois de 1980, foram 59 anos desde que os filmes dirigidos por mulheres fecharam o pódio da bilheteria.

Em 1958, o filme principal do ano foi “Pacífico Sul”, a adaptação cinematográfica do musical de Rodgers e Hammerstein, que estrelou Mitzi Gaynor como uma enfermeira durante a Segunda Guerra Mundial.

Em segundo lugar, ficou a comédia “A Mulher do Século”, que estrelou Rosalind Russell como a socialite titular de Manhattan que leva seu sobrinho órfão à sua vida de redemoinho. Em terceiro lugar, ficou a adaptação do “Gata em Telhado de Zinco”, de Tennessee Williams, estrelado por Elizabeth Taylor no papel principal como Maggie “The Cat” Pollitt.

*Com informações do The Wrap


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum