O que o brasileiro pensa?
13 de dezembro de 2019, 12h38

Cancelada na Ancine, servidores fazem sessão de ao ar livre de “A vida invisível” aos gritos de “Viva o cinema brasileiro!”

Um dos motivos para a retaliação ao filme pode ser a participação da atriz Fernanda Montenegro, hostilizada pelo atual secretário de Cultura, Roberto Alvim

Foto: Bruno Machado/Divulgação

Servidores da Agência Nacional de Cinema (Ancine), ativistas e cinéfilos ocuparam a Cinelândia nesta quinta-feira (12) para uma exibição de última hora de “A vida invisível”, de Karim Aïnouz.

O longa seria projetado esta semana no auditório da sede da agência, no Centro do Rio de Janeiro, dentro de uma iniciativa dos funcionários iniciada em 2017. Mas a sessão acabou cancelada sem explicações, dando conotação política ao evento.

Quase 500 pessoas se espremeram sob duas lonas armadas na Rua Pedro Lessa, na noite chuvosa, aos gritos de “Viva o cinema brasileiro!”, para assistir ao longa que representa o Brasil na disputa por uma vaga no Oscar.

A equipe da Ancine, que já tinha acertado a exibição com a produção e a distribuidora Vitrine Filmes, ganhou o apoio logístico do Coletivo Projetação, acostumado a estampar mensagens militantes em prédios públicos do Rio.

Um dos motivos para a retaliação ao filme pode ser a participação da atriz Fernanda Montenegro, hostilizada pelo atual secretário de Cultura, Roberto Alvim.

Com informações do Globo

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum