#Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de outubro de 2019, 08h32

Capital Inicial toca no Rock in Rio aos gritos de “Ei, Bolsonaro, vai tomar no c*”

O grito contra o presidente, repetido em diversos shows, já virou marca do festival

Foto: Reprodução YouTube

A banda brasiliense Capital Inicial encerrou o seu show no Rock in Rio, na noite desta quinta-feira (3), com o sucesso “Que país é esse”, de Renato Russo, enquanto a plateia gritava: “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu”.

O vocalista Dinho Outro Preto respondeu com um pequeno discurso. “Quem assiste o debate deles acha que somos um país de extremistas, mas na verdade somos um país de moderados. Ninguém tem sangue nos olhos e faca nos dentes”, falou.

O grito virou uma tradição nesta versão do festival. No primeiro dia, sexta passada, durante o show do DJ brasileiro Alok, os cerca de 100 mil espectadores fizeram o mesmo coro para o presidente da república depois das palavras do músico. “Vamos excluir tudo que há de ruim na nossa vida”.

No dia seguinte, foi a vez do grito ser repetido durante o show de Tico Santa Cruz, vocalista da banda Detonautas Roque Clube. Na ocasião, o cantor, que sempre criticou o presidente, se manifestou sobre o atual cenário do país.

“O Brasil vem passando por um momento de intolerância e ódio. Levanta a mão para fazermos uma corrente positiva”, afirmou o músico. Em seguida, o público começou a gritar “Ei, Bolsonaro, vai tomar no cu”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum