sábado, 26 set 2020
Publicidade

Cariocas enchem as ruas em abertura não-oficial do Carnaval

O carnaval carioca já começou, apesar da Prefeitura do Rio estabelecer o dia 12 de janeiro como a data oficial para o início da festa em 2020. Neste domingo (5), diversos blocos desfilaram pelas ruas da cidade no tradicional festejo de abertura dos trabalhos comandada pelo grupo Desliga dos Blocos.

Os cortejos tomaram a cidade desde as primeiras horas do dia. Às 7h30 da manhã, o bloco Vem Cá Minha Flor iniciava seu desfile no Centro do Rio já com diversos foliões prontos para curtir o som dos sopros e dos tambores.

Outro bloco que integra a Desliga e assina o manifesto Manifesto do Carnaval Livre é o Bloco do Boi Tolo, um dos que mais mobiliza foliões no carnaval “não-oficial”. O Boi Tolo foi um dos últimos a desfilar neste domingo, iniciando a concentração por volta das 15h.

O manifesto reconhece o carnaval como “popular e inclusivo” e como uma “manifestação autêntica da nossa cultura”. O objetivo do grupo é lutar contra a mercantilização da festa e propor um resgate de identidades culturais contra os “formatos comerciais”. “[O Carnaval] é livre pois permite a fantasia, a alegria, a utopia e o amor”, diz ainda o texto.

Todos os 25 blocos que desfilaram neste domingo também farão outras apresentações no mês de fevereiro, prometendo brincar no carnaval com bastante empolgação.

Confira a repercussão sobre a abertura do carnaval:

]https://www.instagram.com/p/B68HsHgA59D/

View this post on Instagram

O Cordão do Boi Tolo estará na Abertura do Carnaval Não Oficial ao lado de vários outros blocos que irão se apresentar ao longo do dia! Todos unidos pelo carnaval livre! É neste domingo, no Centro do Rio. Os blocos começam a desfilar a partir das 7:30h da manhã. Horários e locais no perfil da Desliga dos Blocos no Facebook. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Manifesto do Carnaval Livre ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀🔹️O carnaval é livre, pois é uma  manifestação autêntica da nossa cultura. 🔹️É livre, pois é popular e inclusivo. 🔹️É livre, pois acontece espontâneamente. É fruto do encontro dos foliões e não o motivo desse encontro. 🔹️É livre, pois dignifica cada espaço público ao promover o encontro da cidade com o seu povo e suas tradições. 🔹️É livre, pois, em vez de importar formatos comerciais, resgata nossas identidades culturais. 🔹️É livre, pois não é feito de "nós para eles" e sim "de nós para nós", onde cada folião cumpre um papel importante no seu desenrolar. 🔹️ É livre, pois é espaço de respeito, aceitação e cuidado mútuo. Lugar de luta contra preconceitos e opressões. 🔹️ É livre, pois é cidadão, onde todos entendem seus direitos e responsabilidades em relação à cidade, ao outro e à coletividade 🔹️ É livre, pois permite a fantasia, a alegria, a utopia e o amor. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ O Carnaval Livre é, sobretudo, uma redundância. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Desliga dos Blocos do Rio de Janeiro Arte: @felipe.galo

A post shared by Cordão do Boi Tolo (@boitolo) on

Lucas Rocha
Lucas Rocha
Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.