O que o brasileiro pensa?
23 de novembro de 2019, 12h16

Censura: Organização do Festival de Cinema de Brasília usa segurança e desliga som pra impedir fala de ator

Marcelo Pelucio foi interrompido quando lia um manifesto contra os cortes na cultura no Distrito Federal; público vaiou a atitude de cerceamento

Foto: Reprodução/Twitter

O ator Marcelo Pelucio foi vítima de censura durante a abertura do 52º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, nesta sexta-feira (22). Ele estava no palco e começou a ler um manifesto contra os cortes na Cultura no Distrito Federal.

A organização do evento mandou um segurança entrar no palco para tirar o microfone de Pelucio, além de ter cortado o som. O público vaiou e gritou “censura”.

Não é sócio Fórum? Quer ganhar 3 livros? Então clica aqui.

O evento foi marcado por mais vaias e protestos contra o desmanche das políticas culturais. Esse cenário ocorre tanto por parte do governo de Jair Bolsonaro quanto em estados e municípios. O Distrito Federal, sob administração do governador Ibaneis Rocha, vem seguidamente ferindo a legislação cultural, segundo produtores de cultura.

“Fora Adão”

Adão Cândido, secretário de Cultura do Distrito Federal, foi recepcionado por uma prolongada vaia e gritos de “Fora Adão”, enquanto discursava.

Assista o momento em que o segurança tenta tirar o microfone do ator:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum