Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de agosto de 2019, 17h18

Divulgado o primeiro teaser do filme Marighella, de Wagner Moura; assista

Filme sobre o guerrilheiro de esquerda brasileiro já rodou o mundo e estreia no Brasil em 20 de novembro; assista ao teaser

Reprodução/Paris Filmes

A Paris Filmes divulgou, nesta terça-feira (20), o primeiro teaser oficial do tão aguardado filme ‘Marighella’, dirigido por Wagner Moura e protagonizado pelo ator Seu Jorge.

Depois de ter rodado o mundo e ter sido elogiado por críticos em todos os lugares em que foi exibido, o filme estrará no Brasil no dia 20 de novembro.

Assista ao teaser.

A obra narra a história de Carlos Marighella, guerrilheiro de esquerda brasileiro que lutou contra a ditadura militar brasileira e que foi morto pelo aparelho repressor do Estado.

A demora para a estreia do filme no Brasil, que em fevereiro já estava sendo exibido no Festival de Berlim, é associada ao momento político que o país vive. Em maio deste ano, o jornalista Mário Magalhães, autor da biografia do guerrilheiro brasileiro que inspirou o filme de Wagner Moura, aventou esta possibilidade. “‘Marighella’, o filme do Wagner Moura, chega à Austrália. Estrear no Brasil, que é bom, nada. E aí, Paris Filmes? Vai se submeter ao obscurantismo dos novos censores? Censura nunca mais!”, tuitou Magalhães à época.

Ameaças durante a gravação 

No início de 2018, quando o filme ainda estava em fase de produção e gravação, o diretor Wagner Moura relatou que a equipe chegou a ser alvo de ameaças de direitistas nas redes sociais, que prometiam invadir o set de gravações – o que não ocorreu, de acordo com o ator, graças ao apoio de 15 jovens de uma frente antifascista, que garantiram a segurança da equipe.

“O que aconteceu foi bonito. Vieram 15 jovens da frente antifascista para proteger a gente. Esse é o pior e o melhor momento para fazer um filme sobre Marighella”, disse Moura em entrevista à Folha de S. Paulo.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum