Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
31 de agosto de 2019, 11h56

Fabio Assunção estreia no Twitter anunciando campanha solidária

Ele e os autores da canção "Fabio Assunção" vão doar parte da arrecadação da música para instituições que trabalham com redução de danos e desenvolvimento social

Reprodução/Twitter

O ator Fabio Assunção criou sua conta no Twitter nesta sexta-feira (30) e lançou um “sextou” diferente: ele anunciou sua campanha de doações para dois centros de desenvolvimento social e de apoio a usuário de drogas a partir do acordo que firmou com relação aos direitos sobre a música “Fabio Assunção”.

A canção do cantor Bartz  com o grupo La Furia trazia o polêmico verso: “Hoje eu vou beber, vou ficar loucão, hoje eu vou virar o Fabio Assunção”. O ator, ao invés de tentar censurar a música, negociou um acordo com os autores para que os lucros ganhos com a produção fossem revertido para ajudar instituições de desenvolvimento social e de apoio a pessoas usuárias de drogas, com redução de danos. “Entre não censurar e deixar de conscientizar, existe um abismo que não me conforta”, declarou Fabio.

O ator anunciou no Twitter que na sexta saíram, finalmente, os valores ganhos com a canção. “Finalmente saiu a arrecadação dos valores referentes à música ‘Fabio Assunção’ e vou poder fazer a minha contribuição juntamente com o Bartz e a La Fúria para as duas instituições que prometi reverter essa grana”, publicou.

Serão duas as organizações apoiadas, uma em São Paulo e outra em Salvador. “São duas instituições, o Centro de Convivência É de Lei, em São Paulo, e a Comunidade Cidadania e Vida, em Salvador. São trabalhos sérios e éticos, comprometidos com promoção da saúde e com o cuidado com o ser humano”, disse.

Ele ainda convidou a todos para “sextar” com ele e ajudar na causa. “Vocês podem sextar comigo e escolher qualquer uma delas e doar também. Cada um ajuda um pouquinho e juntos a gente ajuda mais”, tuitou.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum