Fórumcast #20
26 de março de 2019, 16h31

João Gilberto vence ação em segunda instância contra Universal Music

João acusou a gravadora de ter esvaziado o patrimônio da EMI para não ter que pagar o que lhe deve

Foto: Divulgação

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro confirmou, nesta terça-feira (26), em segunda instância, a vitória do cantor e compositor João Gilberto sobre a Universal Music, por três votos a zero.

A ação movida por João tinha como ré a EMI, hoje incorporada pela Universal Music. O cantor reclamava de direitos autorais não pagos pela gravadora desde 1964.

De acordo com informações da coluna de Lauro Jardim, a EMI já fora condenada a pagar os royalties sobre seus discos — os três primeiros álbuns de João, “Chega de saudade” (1959), “O amor, o sorriso e a flor” (1960) e João Gilberto (1961).

Na ação atual, João acusou a Universal de ter esvaziado o patrimônio da EMI para não ter que pagar o que lhe deve.

Ainda cabe recurso à decisão no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).

Veja também:  Minúsculo: Governador de Minas já inicia distanciamento de Bolsonaro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum