Fórumcast, o podcast da Fórum
04 de abril de 2019, 12h22

La Casa de Papel volta a questionar o sistema financeiro internacional em julho

La Casa de Papel chegou a ser a série de fala não inglesa mais vista da Netflix

Foto: Divulgação

A série espanhola, La Casa de Papel, que levou o Emmy Internacional de Melhor Série Dramática questionando o sistema financeiro internacional, chega ao streaming com nova temporada em 19 de julho.

O teaser divulgado pela Netflix revela que a vida dos ladrões não será tão fácil quanto se deu a entender, no fim da primeira temporada:

La Casa de Papel chegou a ser a série de fala não inglesa mais vista da plataforma. Nascida no canal Antena 3, depois do sucesso, teve os direitos comprados pela Netflix, que produziu a nova temporada. A nova fase contará a história de um novo golpe, com ladrões como protagonistas.

Foto: Divulgação

O anúncio da data de estreia veio acompanhado de um trailer em que se vê o Professor, Tóquio, Nairobi, Denver e Rio desfrutando de dias de descanso em um local paradisíaco. Mas essa tranquilidade acabará logo. Pouco se sabe até agora da trama, que foi rodada em locais como Florença, Tailândia, Panamá e Madri.

Foto: Divulgação

Os novos capítulos da série contam com grande parte do elenco original. Úrsula Corberó, Miguel Herran, Álvaro Morte, Jaime Lorente e Alva Flores voltarão a dar vida a seus personagens. Também regressará Pedro Alonso (Berlim na ficção), embora não se saiba em que circunstâncias. Além disso, nomes como Najwa Nimri, Fernando Cayo, Rodrigo da Serna e Hovik Keuchkerian foram incorporados ao elenco.

Com informações do El País

 


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum