sábado, 24 out 2020
Publicidade

Liesa confirma adiamento do Desfile das Escolas de Samba do Rio de Janeiro de 2021

Presidente da entidade, Jorge Castanheira, disse que se está discutindo nova data, e não descartam que se realize apenas na metade do ano: “estamos aguardando definição de quando teremos vacina contra a covid-19”

O presidente da Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro), Jorge Castanheira, anunciou nesta quinta-feira (24) que o Desfile das Escolas de Samba de 2021 está oficialmente adiado, embora sem nova data marcada.

O evento, que estava marcado inicialmente para acontecer nas noites de 14 e 15 de fevereiro – durante o fim de semana do carnaval –, terá que mudar de data, devido à pandemia de covid-19, e as incertezas sobre quando haverá uma vacina contra a doença.

Durante o anúncio, Castanheira afirmou que “não se trata de um cancelamento, e sim de um adiamento, em busca de uma solução”.

“Não há como fazer o desfile em fevereiro. Estamos buscando alternativas para permitir que as escolas possam ter um projeto, para não prejudicar o carnaval. Estamos aguardando para saber se teremos definição da vacina e quando terá a imunização. Não temos segurança para definir uma data.”

Castanheira também disse ao jornal Extra que não descarta, inclusive, realizar um desfile no meio do ano, supondo que até lá a maioria da população já poderia estar imunizada com alguma das vacinas que poderiam estar disponíveis nos próximos meses. “Nossa expectativa é de poder fazer com que as pessoas que dependem do espetáculo não fiquem sem resposta. Nada impede que, mais pra frente, nós achemos uma solução. Há previsões que dizem que só a partir de abril teremos segurança. Veremos isso com as autoridades”, comentou o presidente da Liesa.

Victor Farinelli
Victor Farinelli
Jornalista formado pela Universidade Católica de Santos, há 15 anos é correspondente na Argentina (2004 e 2005) e no Chile (desde 2006).