Maria Ribeiro diz que se separou de Caio Blat porque ele votou no Aécio, em 2014

A artista explicou ainda que ficou mais politizada durante seu casamento com Paulo Betti, com quem viveu entre 2001 e 2005 e teve um filho

A atriz Maria Ribeiro afirmou em entrevista ao jornal O Globo, publicada nesta sexta-feira (30), que acabou com um casamento de 12 anos com Caio Blat, em 2014, “por ele ter votado em Aécio [Neves]”, lamentou a atriz, relembrando a eleição presidencial que resultou na vitória e segundo mandato de Dilma Roussef.

“Eu falei: ‘Caralho’. Posso achar a Dilma sem talento nem para ser síndica, mas acho que é aquela coisa ‘por baixo da pedra’ do [Fernando] Pessoa: tem uma parada que é do mal e outra que é do bem. Impressionante como a política foi ocupando tudo, né?”, disse a atriz.

A artista explicou ainda que ficou mais politizada durante seu casamento com Paulo Betti, com quem viveu entre 2001 e 2005 e teve um filho. “Ganhei uma consciência que não tinha. Porque, depois do Paulo, fiquei traumatizada com a coisa da política. Eu acordava, e o cara já tinha lido oito editoriais do Élio Gaspari”, brincou ela.

“Casei com Paulo com 21 anos, ele tinha 44. O cara só falava de política, a onda dele na vida é essa. Mais que amor, paternidade, política é o tesão dele”, ressaltou a atriz.

Com informações do Globo

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.