Marvel rompe com desenhista bolsonarista Joe Bennett

Ilustração preconceituosa com Bolsonaro massacrando Lula e inimigos políticos selou o afastamento

O desenhista brasileiro Joe Bennet, conhecido por inúmeros trabalhos com os personagens da Marvel Comics, foi afastado da Casa das Ideias após várias polêmicas com LGBTfobia, antissemitismo e Bolsonaro.

Após a volta aos holofotes de uma polêmica ilustração feita por Bennet em 2017 e divulgada em suas redes sociais, na qual temos o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), afugentando seus inimigos políticos, dentre eles os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, a Marvel optou pelo rompimento com o desenhista.

Confira o desenho de Bennett:

A caracterização dos adversários de Bolsonaro com aspectos de ratos foi classificada como antissemita, pois, na Segunda Guerra Mundial, parte dos nazistas chamavam os judeus de ratos. Um dos motivos pelo qual a obra em quadrinhos sobre o Holocausto, “Maus”, de Art Spiegelman e vencedora do prêmio Pulitzer, retrata o povo judeu como caricaturas dos roedores na história.

Para piorar a situação do desenhista com a editora do Grupo Disney, a Marvel tem importantes personalidades judias na construção de sua história, como Stan Lee, Jack Birby e Joe Simon, criadores de personagens como os X-Men, Thor, Homem de Ferro, Hulk, Capitão América e outros.

O que levou a Casa das Ideias a anunciar pelo site Newsarama, porta-voz da empresa, que Bennett será substituído no projeto “Sem Tempo“, especial que será publicado no mês de dezembro nos Estados Unidos e que será protagonizado pelo vilão Kang, pelo ilustrador Greg Land, e que Joe não estaria mais envolvido em nenhum projeto futuro da Marvel.

Roteirista Al Ewing, ex-parceiro de Bennett em Imortal Hulk, condena ilustração do artista

No último dia 2 de setembro, o roteirista Al Ewing, que compôs a equipe criativa de Imortal Hulk com Joe Bennett sendo o desenhista na maior parte das 50 edições da história, divulgou carta aberta em seu perfil no Twitter sobre as polêmicas envolvendo o artista.

Confira a tradução da Thread divulgada pelo roteirista da Marvel:

Publicidade

“Há uma imagem circulando que Joe Bennett desenhou em 2017. Não vou linkar para ela, mas eu vi, e é repreensível. Se você viu a imagem, você sabe o que é. Um espadachim de armadura, que presumo que representa Bolsonaro, segundo o comentário de Joe, massacrando pessoas minúsculas e apressadas, com dentes salientes e orelhas de rato. E narizes grandes. Um deles está fazendo cosplay de Drácula.

Presumo que sejam algum tipo de inimigo político, mas mesmo que não sejam, as alegorias são aparentes. Seres humanos como vermes sendo exterminados. Mesmo que não esteja mais disponível, o fato de ter sido desenhado em primeiro lugar, assinado e exibido com tanto orgulho por Joe, fala por si.

Publicidade

Este não é o primeiro problema com Joe de que tenho conhecimento. Eu falei nos bastidores, mas isso não é um consolo para as pessoas do outro lado da ponta desse tipo de propaganda brutal. Minha falta de visibilidade pública sobre isso decepcionou as pessoas, e peço desculpas.

No interesse de adicionar alguma ação material a esse pedido de desculpas, fiz doações para Rainbow Railroad e Rainforest Trust. Eu entendo se isso parece um gesto vazio ou insuficiente para aqueles que estão lendo isso.”

Com informações do Jameson e do Omelete

Avatar de Eduardo Lima

Eduardo Lima

Jornalista, Redator Publicitário, Editor Web e SEO

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR