“Minha Mãe É Uma Peça 3”, com ator gay vestido de mulher, desbanca cinebiografia de Edir Macedo

Comédia protagonizada pelo ator Paulo Gustavo, Minha Mãe é uma Peça 3 arrecadou R$ 137,9 milhões e desbancou o filme sobre a vida do bispo da Igreja Universal em bilheteria

Com os R$ 13,7 milhões registrados neste final de semana, o filme Minha Mãe é uma Peça 3, protagonizado pelo ator Paulo Gustavo, que é gay, vestido como mulher, bateu a marca histórica de R$ 137,9 milhões e desbancou a cinebiografia do bispo Edir Macedo, Nada a Perder, até então a maior arrecadação do cinema nacional, com R$ 120 milhões de renda durante seu período em cartaz.

Pelo Instagram, o ator comemorou o terceiro recorde da comédia, que ainda está em cartaz nos cinemas. Em relação a espectadores, mais de 8,7 milhões de pessoas já assistiram ao filme.

“Foram 3 recordes ! ? Dona Herminia só me deu orgulho!!! Obrigado BRASIL! E continuamos em 1300 salas de cinema pelo Brasil! Corre pra assistir”, publicou Paulo Gustavo.

 

Ver essa foto no Instagram

 

? foram 3 recordes ! ? Dona Herminia só me deu orgulho!!! Obrigado BRASIL! E continuamos em 1300 salas de cinema pelo Brasil! Corre pra assistir ????????????

Uma publicação compartilhada por paulogustavo31 (@paulogustavo31) em

No terceiro filme da séria, Dona Hermínia, vivida por Paulo Gustavo, se vê com o ninho vazio pois seus filhos estão formando novas famílias: Marcelina (Mariana Xavier) está grávida e Juliano (Rodrigo Pandolfo) vai casar. Além disso, ela terá que lidar com a volta do ex-marido, Carlos Alberto (Herson Capri).

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR