Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de janeiro de 2020, 12h44

Morre Terry Jones, fundador do grupo de humor inglês Monty Python

O editor da autobiografia do grupo no Brasil falou com exclusividade à Fórum: “o mundo fica sem graça”

Foto: Reprodução

O fundador do grupo de comédia britânico Monty Python, Terry Jones, morreu nesta terça-feira (21), aos 77 anos. A família confirmou a morte do artista através um comunicado:

“Estamos profundamente tristes em anunciar a morte de nosso amado marido e pai, Terry Jones. Terry morreu na tarde desta terça-feira (21), aos 77 anos, com sua mulher, Anna Soderstrom, ao seu lado, após uma batalha extremamente corajosa, mas sempre bem-humorada, contra uma forma rara de demência”.

Em 2016, Jones revelou ter sido diagnosticado no ano anterior com demência frontotemporal, se tornando um representante público da doença. Em 2017, ele esteve na cerimônia do Bafta e falou sobre o assunto.

“Dois já foram, faltam quatro”

Foto: Divulgação

Para José Tahan, da Realejo Livros,  editora no Brasil do livro “Monty Python – Uma Autobiografia”, Jones “morreu jovem para os padrões de hoje, aos 77 anos. Um dos integrantes do grupo, o John Cleese, postou um tuíte dizendo ‘dois já foram, faltam quatro’”, disse.

Tahan afirma ser “uma angústia maior saber que esses caras não estão mais por aqui. Resta a gente conhecer cada vez mais a história dos Pythons, se divertir e guardar os bons momentos, inclusive do Terry Jones e do outro finado já de algum tempo, o Graham Chapman. Uma pena. O mundo fica sem graça”, encerrou.

O humorista Gregório Duvivier escreveu no prólogo do livro: “Monty Python surge no momento mais louco do século 20, na cidade mais louca do mundo (Londres). Para revolucionar a loucura vigente, os Pythons tinham um ingrediente surpresa: a lucidez”.

O livro, lançado no BRasil em 2018, foi originalmente editado em 2003 e organizado por Bob McCabe, que costurou depoimentos de Eric Idle, Graham Chapman, John Cleese, Michael Palin, Terry Jones e Terry Gilliam (o americano ilustrador) para contar a origem de cada um até que os rumos se cruzassem, especialmente quando eram universitários, dividindo-se entre Oxford e Cambridge.

Revolução no humor

Ao lado de Eric Idle, John Cleese, Michael Palin, Graham Chapman and Terry Gilliam, Jones formou o Monty Python, cujo humor anárquico revolucionou a comédia britânica. O grupo renovou o humor da TV britânica a partir de 5 de outubro de 1969, quando foi ao ar o primeiro dos 45 episódios da série cômica Monty Python’s Flying Circus.

Além do Monty Python, Jones trabalhou em uma série de projetos, incluindo a série televisiva “Ripping Yarns”. Jones também fez diversos documentários e escreveu cerca de 20 livros infantis.

Com informações do G1


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum