Netos de Luiz Gonzaga emitem “nota de nojo” após uso político de música do avô por Bolsonaro em live

"Nós, filhos de Luiz Gonzaga do Nascimento Jr, netos de Luiz Gonzaga, o Gonzagão, apresentamos uma nota de nojo diante deste governo mortal e suas lives", diz o texto divulgado por Amora Pêra, Nanan e Daniel Gonzaga sobre live em que presidente da Embratur distorce música do avô

Amora Pêra Gonzaga do Nascimento, Nanan Gonzaga e Daniel Gonzaga, filhos de Gonzaguinha e netos de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, divulgaram “nota de nojo” na noite desta sexta-feira (3) nas redes sociais repudiando o uso da música Riacho do Navio por Jair Bolsonaro em live. A música foi tocada na sanfona pelo presidente da Embratur, Gilson Machado Neto, na quinta-feira (2).

Vídeo: Bolsonaro volta a colocar presidente da Embratur para tocar sanfona em live

“Diante da impotência e da impossibilidade de processo por propaganda indevida, por dupla apropriação, da canção de Luiz Gonzaga e Zé Dantas e do projeto do Rio São Francisco; nós, filhos de Luiz Gonzaga do Nascimento Jr, netos de Luiz Gonzaga, o Gonzagão, apresentamos uma NOTA DE NOJO diante deste governo mortal e suas lives. Governo que faz todos os gestos ao seu alcance para confundir e colocar em risco a população do Brasil, enquanto protege a si mesmo e aos seus”, diz o texto, publicado no Facebook de Amora e compartilhado pelos irmãos.

Os três netos de Luiz Gonzaga dizem que não estão de acordo com o uso da música, “nem sua alteração, nem sua execução (com duplo sentido) pelo Senhor Gilson Machado Neto, presidente da Embratur”.

Ao entoar a música, o presidente da Embratur trocou versos cantando que “o Rio São Francisco agora vai para o Ceará”, em comemoração à inauguração da obra de transposição do São Francisco, um projeto executado na maior parte durante os governos Lula e Dilma, por Bolsonaro (assista aqui).

“E, AINDA QUE SIMBOLICAMENTE, não autorizamos ao Governo Federal o uso das canções assinadas por nenhum de nossos familiares, ou, ao menos, das respectivas partes que nos cabem”, dizem os netos de Gonzagão.

Leia a nota na íntegra

https://www.facebook.com/amora.pera/posts/10223433880657494
Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR