Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
22 de dezembro de 2019, 14h33

“O Brasil real está ali, sobrevivendo, com um monte de João Grilo e Chicó”, diz Guel Arraes

Remasterizado, "O Auto da Compadecida" volta à TV Aberta em janeiro com os personagens que marcaram época

Divulgação

Lançada em 1999, a minissérie “O Auto da Compadecida” estará de volta à TV aberta no dia 7 de janeiro. Sucesso em audiência, a trama será remasterizada com novos efeitos sonoros e uma nova abertura. A volta da série foi exaltada pelo diretor Guel Arraes, que destacou que a produção inspirada no clássico de Ariano Suassuna representa o Brasil não-oficial.

“O Ariano me falava muito, acho até que é do Machado de Assis essa história, que há o Brasil oficial e o Brasil real. A gente está vivendo muito o Brasil oficial. Só se fala em política, quem vai ganhar eleição… E o Brasil real está ali, sobrevivendo, com um monte de João Grilo e Chicó. O cara sobrevive sem nenhuma assistência…”, disse Arraes em entrevista para os jornalistas Mauricio Stycer e Cristina Padiglione, do Uol.

Ele ainda exaltou o fato da obra levar o Brasil real para a dramaturgia. “Quase que não tem mais ligação entre esses dois mundos. Acho que é muito isso que o Ariano trouxe para a dramaturgia. Você vê o Brasil real. É muito emocionante”, disse.

O diretor ainda comentou sobre a forma como a obra de Suassuna retrata a religião. “A visão que tem da religião no Auto é incrível. Ariano era protestante. Convertido. Se você for ver a religião no Auto, qual é o charme dela? É contra a religião oficial. É contra a Igreja estabelecida. Isso também é uma visão que a esquerda não está vendo hoje em dia. Ele tem uma intuição…”, disse.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum