Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
21 de janeiro de 2020, 15h27

Ozzy Osbourne revela diagnóstico de Parkinson

"É como se você tivesse um dia bom, outro dia bom e um muito ruim", disse a esposa do cantor, no programa "Good Morning America"

Foto: Instagram/ @ozzyosbourne

O cantor Ozzy Osbourne revelou nesta terça-feira (21) que foi diagnosticado com Parkinson em 2019. Junto à esposa e empresária, Sharon Osbourne, ele foi entrevistado pelo programa “Good Morning America”. “Tem sido muito desafiador para todos nós”, disse.

A doença foi diagnosticada em exames decorrentes das três internações que o artista sofreu no ano passado, por motivos distintos. “É PRKN2. Há tantos tipos diferentes de Parkison. Não é uma sentença de morte, mas afeta certos nervos do corpo”, explicou Sharon. “É como se você tivesse um dia bom, outro dia bom e um muito ruim”.

Ozzy tem 71 anos e, das três vezes em que foi internado, em 2019, precisou adiar shows de sua turnê solo. Os episódios ocorreram em fevereiro, por conta de uma gripe; em abril, devido a uma queda; e em outubro, quando o cantor fez uma cirurgia devido a uma infecção na mão.

“Vindo de uma classe trabalhadora, eu odeio decepcionar as pessoas. Odeio não fazer meu trabalho”, afirmou Ozzy sobre o cancelamento dos shows. “Quando vejo minha esposa e meus filhos indo trabalhar, todo mundo está fazendo algo e tentando ser útil para mim. Isso me deixa triste, porque não posso contribuir com a minha família”.

União

Segundo a filha do casal, Kelly, o processo fez com que a família se unisse: “Todos nós reaprendemos muito um sobre o outro”.

Ozzy afirma que, apesar das dificuldades, está em um processo de progresso: “Estou muito melhor agora do que em fevereiro passado. Eu estava em estado de choque”. Agora, Ozzy tem uma consulta marcada na Suíça para abril. “Chegamos a um ponto que temos todas as respostas que podemos obter aqui [nos Estados Unidos]”, disse Sharon.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum