O que o brasileiro pensa?
23 de fevereiro de 2020, 08h25

Pastor condena modelo evangélica que vai desfilar em ala do Candomblé na Grande Rio: Feitiçaria

"Quando ouvi essa parte do samba, que diz ‘eu respeito o seu amém e você respeita o meu axé’, entendi que precisava vestir essa camisa para mostrar que eu sirvo a um Jesus que é contra a intolerância", diz a modelo Joyce Salvador

A modelo Joyce Salvador (Reprodução/Instagram)

O pastor Joaquim de Andrade, da Igreja Batista Ágape, condenou a atitude da modelo evangélica Joyce Salvador, de 27 anos, que decidiu desfilar em uma ala que vai representar a iniciação ao candomblé na escola de samba Acadêmicos do Grande Rio neste sábado (23), no Rio de Janeiro.

“Quando ouvi essa parte do samba, que diz ‘eu respeito o seu amém e você respeita o meu axé’, entendi que precisava vestir essa camisa para mostrar que eu sirvo a um Jesus que é contra a intolerância. É importante eu estar aqui”, disse a modelo, que é negra, ao jornal Extra.

O pastor, no entanto, diz que a atitude da modelo é “associação com a profanação” e que o “Carnaval de hoje” tem “imoralidade, feitiçaria”.

“Para aqueles que tentam justificar como estratégia evangelística uma participação efetiva na festa do carnaval, inclusive desfilando em carros alegóricos e blocos evangélicos, isso para mim é uma associação com a profanação, não tenha dúvida. No carnaval de hoje a gente continua vendo, infelizmente, imoralidade, feitiçaria”, afirmou, ao portal evangélico Pleno News.

Segundo ele, ao desfilar na escola de samba na ala candomblecista, a modelo já se tornará uma seguidora da religião de origem africana.

“No caso dessa escola de samba, com o ritual do candomblé, no caso, de saída de santo, a partir do momento em que a pessoa ‘bolou’ um santo lá na linguagem deles, o fiel é considerado um abiã, um termo dado ao iniciante na religião. para chegar a ser filho de santo, precisa usar um colar, enquanto esse adereço não for removido o novato só poderá sentar no chão”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum