Fórumcast, o podcast da Fórum
26 de agosto de 2019, 19h18

Preto Zezé lança livro “Das Quadras Para o Mundo” em São Paulo e Brasília

Uma das mais importantes lideranças sociais e políticas cearense, Preto Zezé lança seu segundo livro. Na publicação, ele apresenta cônicas sua trajetória vivida na comunidade das Quadras, na Aldeota, em Fortaleza, e seu trabalho à frente da Cufa

Divulgação

Uma das mais importantes lideranças sociais e políticas cearense, Preto Zezé lança seu segundo livro, agora pela Editora Cene, onde conta sua trajetória na Comunidade das Quadras, seus desafios e conquistas como presidente da Central Única das Favelas (Cufa). Esta semana vão acontecer lançamentos em Brasília, na terça-feira (27), e em São Paulo, na quarta-feira (28).

Preto Zezé se identifica como mediador de realidades distintas e distantes, da juventude negra, pobre e marginalizada espalhada em todo o Brasil e, muitas vezes, escondida no cotidiano do preconceito. Na publicação, ele apresenta cônicas sua trajetória vivida na comunidade das Quadras, na Aldeota, em Fortaleza, e seu trabalho à frente da Cufa. Entre 2004 e 2014 atuou como coordenador estadual da Cufa Ceará e, em 2014, tornou-se presidente nacional da entidade.

“Ser ignorado é a pior coisa do mundo; impor a invisibilidade para alguém é violência pura, e essa violência é daquelas que quase sempre não conseguimos nos defender, porque, diferente da violência física, a gente não vê concretamente e logo não consegue criar mecanismos de proteção. É como escrever sem borracha ou nunca ter comido de garfo e faca e chegar num restaurante cheio de requintes de elegância, onde você tem que seguir um enredo que nunca foi ensinado. Esse é o rascunho espinhoso do mundo do homem branco do asfalto”, diz trecho do livro .

Filho de pais retirantes do interior, mãe doméstica e pai pintor da construção civil, é o mais velho de uma família de cinco irmãos. Em ‘1990 iniciou seu ativismo social na cultura Hip Hop, em particular na música rap. Criou o Movimento Cultura de Rua, como uma rede de jovens das favelas que atuavam pelos direitos civis nas favelas, através de ações culturais e sociais. Produtor artístico e musical, já lançou sete discos e realiza diversas ações e projetos culturais como forma de construir uma agenda positiva nas favelas.

No prefácio, o leitor já poderá ter um pequeno aperitivo do tamanho e alcance do trabalho desenvolvido por Preto Zezé no Ceará e no Brasil. Segundo Celso Athayde, já no primeiro momento em que teve contato com o autor, começa a nascer o sonho de criar uma instituição de favelas. “Num primeiro contato, recrutei, cooptei e apresentei ao Zezé uma realidade e um olhar diferenciado; contei minha história de vida, que também é parecida com a dele, apresentei-lhe o MV Bill, que se preparava para ser um dos maiores ativistas sociais do país. […] Apesar de um olhar sempre crítico sobre a realidade que nos cerca, Zezé está sempre procurando construir pontes. Com certeza essa é sua maior característica”, escreve Athayde.

Em Brasília, o evento acontece no dia 27 de agosto, às 19h, na Livraria Cultura do Casa Park Shopping Center, com a apresentação do rapper GOG e mediação de Valdetário Monteiro, Secretário da Casa Civil do Distrito Federal. Já em São Paulo, o lançamento é no dia 28, às 19h, na Livraria Cultura da Avenida Paulista, 2073. A apresentação do livro será do rapper Dexter e comentários do DJ KL Jay (Racionais MC´s).

Serviço (Brasília):
Bate-papo e lançamento do livro “Das Quadras Para o Mundo” – Preto Zezé
Com apresentação de GOG e mediação de Valdetário Monteiro
Dia: 27 de agosto
Horário: 19h
Local: Livraria Cultura – Casa Park Shopping Center
SGCV – Sul, Lote 22 – Loja 4 – 2º Piso – Zona Industrial
www.editoracene.com.br

Serviço (São Paulo):
Bate-papo e lançamento do livro “Das Quadras Para o Mundo” – Preto Zezé
Com apresentação do Rapper Dexter e comentários do DJ KL Jay (Racionais MC´s).
Data: 28 de agosto
Horário: 19h
Local: Livraria Cultura, Conjunto Nacional, na avenida Paulista, 2073, Bela Vista.
www.editoracene.com.br


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum