Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de janeiro de 2019, 22h26

Produtores liberam filme online para estimular debate sobre riscos do decreto da arma de fogo

Os produtores do curta-metragem "Avalanche", após o decreto de Bolsonaro que facilitou a posse de arma de fogo, liberaram o filme por 72 horas na internet para fazer um alerta sobre os riscos da medida; filme fala sobre família que teve casa invadida por assaltantes e adquiriu arma para se "defender"

Reprodução

Os produtores do curta-metragem “Avalanche”, premiado filme alagoano lançado em 2016, decidiram desta quarta-feira (16) liberar a íntegra da obra na internet por 72 horas. A ideia é estimular o debate sobre os riscos do decreto assinado por Jair Bolsonaro que facilita o porte de arma de fogo.

O curta-metragem trata da história de uma família do agreste alagoano que tem a casa invadida por assaltantes e, como reação, o pai compra uma arma para se “defender”.

“Hoje, diante do decreto do presidente Jair Bolsonaro que flexibiliza a posse de armas de fogo, decidimos liberar o acesso ao filme na internet por 72 horas, como uma forma de provocar uma discussão sobre os riscos que a medida pode trazer para todos nós.  ‘Avalanche’ é um curta-metragem que discute a cultura da violência. Uma violência arraigada em nossos costumes como uma tradição que nos acompanha há muitos séculos. E continua a ser aceita e alimentada por uma parcela da sociedade nos dias atuais”, escreveram os produtores.

O filme está disponível na plataforma Viemo.

Assista.

AVALANCHE from Rafhael Barbosa on Vimeo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum