Roger Waters: “Zuckerberg me ofereceu dinheiro por canção do Pink Floyd: ‘Nem f*dendo’”

O compositor afirmou que a oferta era para promover o Instagram e ainda chamou o empresário de "um dos idiotas mais poderosos do mundo"

Roger Waters, o contrabaixista, cantor, compositor e fundador da banda inglesa Pink Floyd, afirmou durante a conferência chamada Free Assange Forum, na última quarta-feira (10), que recebeu uma proposta de Marc Zuckerberg de, segundo ele, “uma enorme quantia em dinheiro” para permitir o uso de sua canção “Another Brick in The Wall Part II” em publicidade para o Instagram.

Waters respondeu: “Nem f*dendo”.

“É uma carta do Mark Zuckerberg para mim. Chegou hoje de manhã com uma oferta de uma enorme, enorme quantia de dinheiro e a minha resposta é: ‘Vá se f*der! Nem f*dendo!’ Eu só exponho isso porque há um movimento incessante deles em tomar o controle de absolutamente tudo”, afirmou o músico. 

“Mark Zuckerberg e sua equipe querem tornar o Facebook e o Instagram ainda maiores e mais poderosos do que já são, censurando a todos nós nessa sala e impedindo que a história de Julian Assange chegue ao público e que as pessoas questionem: ‘Como assim? Não, chega!'”, exclamou.

Waters ainda lembrou o início de Marc Zuckerberg como programador e afirmou que o fundador do Facebook se tornou “um dos idiotas mais poderosos do mundo.”

Veja o vídeo abaixo:

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR