Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de dezembro de 2019, 06h54

Secretário de Cultura, Ricardo Alvim inaugura conta no Twitter com vídeos em cultos evangélicos

Alvim é dramaturgo e ganhou espaço no governo federal após declarar que a sua carreira praticamente havia acabado “por conta do seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro e admiração ao Olavo de Carvalho"

Jair Bolsonaro e o ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim (Foto: Divulgação)

O secretário de Cultura do governo federal, Ricardo Alvim, inaugurou canais no Twitter e Facebook com vídeos em cultos evangélicos. Após a primeira postagem onde anuncia a criação das contas nas redes, Alvim publicou sua participação em um culto da igreja Bola de Neve, em São Paulo. “Então ouvi a voz do Senhor, conclamando: ‘Quem enviarei? Quem irá por nós?’ E eu respondi: ‘Eis-me aqui. Envia-me’”, escreveu ele junto ao vídeo.

À coluna de Monica Bergamo, na Folha, “a secretaria da Cultura diz que Alvim foi convidado a participar do culto e está disponível para visitar cerimônias de todas as religiões”.

Polêmica com Fernanda Montenegro

Em setembro, antes de ser nomeado o secretário especial, quando ocupava o cargo de diretor do Centro de Artes Cênicas da Funarte, Ricardo Alvim causou enorme polêmica, ao ofender abertamente Fernanda Montenegro. De forma absolutamente grosseira, ele chamou a atriz de “sórdida” em suas redes sociais. O ataque veio depois que Fernanda posou para a revista literária “Quatro cinco um”, vestida como uma bruxa prestes a ser queimada em uma fogueira com livros.

Alvim é dramaturgo e ganhou espaço no governo federal após declarar que a sua carreira praticamente havia acabado “por conta do seu apoio ao presidente Jair Bolsonaro e por conta da minha admiração declarada ao professor Olavo de Carvalho”.  Depois que se tornou bolsonarista, seu teatro, a Companhia Club Noir, que ele e a esposa, a atriz Juliana Galdino, mantinham há 12 anos na rua Augusta, em São Paulo, fechou as portas por falta de público.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum