#Fórumcast, o podcast da Fórum
29 de outubro de 2019, 15h23

Últimos dias para vaquinha virtual do “Diário do Bolso 2”, de José Roberto Torero

Como a desgraça é inevitável e o melhor mesmo é rir dela, seguem as indicações para colaborar com o "Diário do Bolso 2"

Foto: Divulgação

O escritor José Roberto Torero fez um sucesso estrondoso com o seu “Diário do Bolso”, onde retrata os cem primeiros dias do governo Bolsonaro. Um texto com um humor absolutamente assustador de tão real que parece ser a respeito de um presidente fictício, sobre um país ainda mais fictício, mas que infelizmente é real.

A coisa deu tão certo que, nestes tempos bicudos, o escritor – que não é bobo nem nada – resolveu continuar com a sua realidade em forma de ficção e fazer o “Diário do Bolso 2”. Algo como aqueles filmes de Hollywood tipo Velozes e Furiosos, que seguem infinitamente enquanto der pé.

E, enquanto, para desespero nosso e sorte do Torero, o governo do Bolso continua, ele também segue publicando. Para tal, resolveu fazer uma vaquinha virtual e pegar uma pequena ajuda de seus amigos.

Como a desgraça é inevitável e o melhor mesmo é rir dela, seguem abaixo todas as indicações. Mas elas são só para quem quiser colaborar para que o Torero continue encarnando o Bolso, nesta ficção sem fim que desafia qualquer realidade. Clica aqui pra saber de tudo (ou leia abaixo).

O projeto

Queremos editar o segundo volume do Diário do Bolso, livro que nasceu numa página de Facebook (que atualmente já tem mais de 16 mil seguidores).

O autor dos textos é José Roberto Torero, que tem 39 obras publicadas, como “O Chalaça”, “Uma história de futebol” e “Terra Papagalli”.

O livro vai contar os grandes desfeitos do governo Bolsonaro do dia 101 ao 300.

Estarão lá as queimadas na Amazônia, a censura ao comercial do Banco do Brasil, o “dia sim, dia não”, as medalhas distribuídas aos filhos, a balbúrdia, o “I love you” para o Trump, a vaia no Maracanã, Flávio Dino e os governadores “paraíbas”, a briga com o Inpe, a embaixada pro Dudu, a mulher do Macron, a resposta do Chico Buarque, o bang-bang com o PSL etc…

Enfim, as coisas que ninguém pode esquecer. Talkei?

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum