Fórumcast, o podcast da Fórum
22 de maio de 2019, 16h41

Em São Paulo, Salão do Livro Político homenageia Paulo Freire e traz nomes como Haddad e Flávio Dino

Evento reúne 34 editoras independentes no Tuca e discute temas emergentes da atualidade de 27 a 30 de maio

Foto: Divulgação

O V Salão do Livro Político, que acontece de 27 a 30 de maio de 2019, das 10h às 22h, no Tuca PUC-SP (Rua Monte Alegre, 1024), em São Paulo, homenageia nesta edição o educador, pedagogo e filósofo Paulo Freire. O evento coloca na mesa de discussões a cena política nacional e suas intersecções globais, o governo Bolsonaro e a Educação.

Entre os debatedores estarão o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, o governador do Maranhão, Flávio Dino, a ex-deputada Manuela D’ávila e as deputadas Talíria Petrone e Erica Malunguinho. Além deles, intelectuais como Guilherme Wisnik, Leda Paulani, Flávia Birolli, Eduardo Fagnani, João Sicsu, Sabrina Fernandes, Peter Pál Pelbart e a reitora Maria Amália Andery, da PUC-SP.

Serão discutidos assuntos como opressão da mulher, resistência antifascista, hegemonia cultural, restauração conservadora na América Latina, mídia (“A hora da autocrítica?”), crime organizado (“Do tráfico à milícia: o estado paralelo que mata Marielles todos os dias”). O público poderá conferir centenas de títulos de 34 editoras independentes e aproveitar descontos de até 50%.

A programação ainda inclui atividades culturais, com curso de Sonia Couto sobre a relevância e atualidade de Paulo Freire, aula-teatro Maria, ainda com a temática freiriana, apresentações do Slam da Guilhermina, e dos grupos teatrais Arlequins (peça O Capital), Quando Quebra e Queima e Cabaré Feminista.

Ensaios do Assombro

Durante o Salão será lançado, pela N-1 Edições, o novo livro do filósofo, ensaísta, professor e tradutor húngaro residente no Brasil Peter Pál Pelbart, a obra “Ensaios do Assombro”. Uma das questões que atravessam esta coletânea é a seguinte: com uma genuína guerra (civil) em curso, quais estratégias vitais estão despontando.

Outra novidade da editora é a caixa de cordéis denominada “Rexistência”, ou, a reinvenção da existência, com livros onde os temas giram em torno de nossa regressão política. Fascismo, racismo, machismo, genocídio dos indígenas. Autores como Viveiros de Castro, Negri, e Joseph-Achille Mbembe, conhecido como Achille Mbembe, filósofo, teórico político, historiador, intelectual e professor universitário camaronês.

Mas também há vários cordéis com testemunhos vivos de resistência, como a líder da Ocupação 9 de julho, Carmen Silva Assim, resistência que é também reinvenção da existência – donde o título Rexistência.

Sobre o Salão

Iniciativa de um grupo de editoras independentes de grandes grupos empresariais em parceria com a PUC-SP, o Salão do Livro Político tem como objetivo fortalecer as editoras, aumentar a visibilidade de suas obras e incentivar as vendas e a leitura de livros políticos, que representam atualmente em torno de 2,5% do total de obras publicadas por ano no Brasil (sociologia, filosofia e economia). O Salão recebeu cerca de 3,5 mil visitantes nas últimas edições e já contou, entre os convidados, com o escritor cubano Leonardo Padura, o sociólogo português Boaventura de Sousa Santos, o cientista político alemão, biógrafo de Karl Marx, Michael Heinrich, Marilena Chauí, Dilma Rousseff, José Genoíno.

Serviço

V Salão do Livro Político

27 a 30 de maio, das 10h às 22h.

Tuca PUC-SP (Rua Monte Alegre, 1024, São Paulo, SP – Entrada pela Rua Bartira).

Facebook: salaodolivropolitico

Intagram: salaodolivropolitico

Site salaodolivropolitico

Promoção e realização: Alameda, Anita Garibaldi, Autonomia Literária, Boitempo, EDUC, Geração, Veneta.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum