Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
14 de outubro de 2018, 15h22

VÍDEO: Após protestos de Roger Waters, fãs criam versão do filme The Wall com Bolsonaro

No vídeo, Bolsonaro é comparado ao ditador Pink, o personagem interpretado por Bob Geldof que materializa o eu lírico de Roger Waters, que carrega traumas que se tornam os "tijolos no muro", em uma sociedade extremamente controlada e manipulada em torno dos interesses do ditador.

Reprodução/Youtube

A turnê de Roger Waters, fundador do Pink Floyd, no Brasil em pleno segundo turno das eleições presidenciais vem ganhando dimensões cada dia mais expressivas na defesa da democracia e das liberdades individuais. Após colocar o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) na lista dos “neofacistas em ascensão”, “censurar” o nome do capitão da reserva e causar confusão e revolta nos fãs que apoiam o candidato, Waters mandou um “nem fodendo” em letras garrafais no show da noite deste sábado (13) em Brasília.

Reprodução/Youtube

Filho de pai militar que morreu durante a II Guerra Mundial, Waters sempre permeou temas ligados ao autoritarismo em sua obra e retratou isso tudo na sua maior obra com o Pink Floyd: The Wall, ópera rock que se tornou símbolo da resistência antifascista.

O disco, produzido em 1977, virou filme em 1982 e causou impacto por mostrar toda a ascensão de um regime opressor fascista. Neste sábado (13), cenas do filme voltaram às redes sociais, em uma montagem com discursos de Bolsonaro.

No vídeo, Bolsonaro é comparado ao ditador Pink, o personagem interpretado por Bob Geldof que materializa o eu lírico de Roger Waters, que carrega traumas que se tornam os “tijolos no muro”, em uma sociedade extremamente controlada e manipulada em torno dos interesses do ditador.

Assista abaixo.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum