Vídeo: Gustavo Mendes detona público que foi censurar sua apresentação

"Quem não está cumprindo o que prometeu não sou eu. Onde está o Brasil melhor que foi prometido?", criticou Mendes

O humorista Gustavo Mendes, que expulsou bolsonaristas do seu show após tentativa de censura, publicou um vídeo comentando sobre o caso, destacando que a ação foi orquestrada com o objetivo de intimidá-lo e que ele não vai se calar e que seguirá fazendo suas críticas no shows. “O humor é sempre oposição”, disse.

“Parte da plateia insatisfeita com as piadas que eu fiz sobre o presidente Bolsonaro, se sentiu no direito de dizer o que eu posso ou não posso falar nos meus shows. Deixa eu te contar uma coisa: isso nunca, amiguinhos, nunca vai acontecer, porque o nome disso é censura e eu não vou aceitar essa tentativa de intimidação, principalmente vindo de pessoas que se articularam para isso, para tentar me intimidar e censurar”, relatou. “Isso que aconteceu contra mim, infelizmente não é um privilégio meu. É uma nova onda de intimidação à liberdade de expressão”, disse ainda.

O humorista destacou que a política sempre fez parte da sua trajetória artística. “O problema daquelas pessoas não eram as piadas políticas, não. A minha carreira sempre foi de assumir posições com força e transparência, mesmo sabendo que isso incomodava muita gente. Você pode me acusar de tudo, menos de incoerência e o humor é sempre oposição”, disparou, pontuando que o papel do artista é o de incomodar os poderosos.

Gustavo Mendes ainda soltou o verbo e criticou vários pontos do governo Bolsonaro. “Eu amo meu público, mesmo aqueles que votaram no Bolsonaro, mas não vou me calar diante do que está acontecendo hoje no Brasil: os milhões de desempregados continuam sem ver nenhuma medida que lhes dê esperança; nossa maior riqueza, a Amazônia, sendo devastada e um governo que incentiva o desmatamento; a promessa de acabar com a corrupção e um governo que tem seus corruptos de estimação; milhões passando fome e um governo que nega a existência da miséria. Quem não está cumprindo o que prometeu não sou eu. Onde está o Brasil melhor que foi prometido?”, questionou.

“O pior inimigo do Bolsonaro é ele mesmo. E os que apoiam os erros dele”, afirmou, destacando para o índice de reprovação crescente do governo.

https://www.facebook.com/gustavomendesatrevido/videos/2520471571344513/?v=2520471571344513

 

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.