terça-feira, 29 set 2020
Publicidade

Wagner Moura denuncia censura no Brasil durante lançamento de “Marighella” em Lisboa

O ator e diretor Wagner Moura esteve em Lisboa nos últimos dias para apresentar seu filme “Marighella”, filme que teve seu lançamento cancelado no Brasil. Em discurso, o diretor denunciou as censuras do governo brasileiro, e recebeu como resposta gritos de “fora, Bolsonaro!” vindos da plateia.

“Infelizmente até hoje a gente não conseguiu estrear o filme no Brasil. Isso é muito grave, não só por Marighella, mas acho que todos aqui estão a par que vivemos hoje no Brasil, entre outras coisas, uma situação de censura às artes e à produção cultural”, disse o cineasta.

O longa-metragem que conta a história do guerrilheiro Carlos Marighella seria lançado na próxima quarta-feira (20), dia da Consciência Negra. Segundo os produtores, a data foi alterada porque a 02 Filmes não conseguiu cumprir a tempo todos os trâmites exigidos pela Agência Nacional do Cinema (Ancine).

https://twitter.com/lucasrohan/status/1196243636503138310?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1196243636503138310&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.diariodocentrodomundo.com.br%2Fvideo-no-lancamento-de-marighella-em-lisboa-wagner-moura-denuncia-censura-no-brasil%2F

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.