Imprensa livre e independente
26 de maio de 2019, 10h10

Danilo Gentili segue rumo de Olavo de Carvalho e diz que não vai falar mais de política

“Tô fora do debate. Deixei de seguir perfis que falam de política e me pilham a opinar. Eu já tô véio e tô querendo é paz”, tuitou o “humorista”

Foto: Reprodução TV
Os ídolos da direita e apoiadores de Jair Bolsonaro estão abandonando as redes sociais, pelo menos quando o assunto for política. Depois do astrólogo Olavo de Carvalho, “guru” da família do presidente, agora é a vez do “humorista” Danilo Gentili dizer que não vai mais falar de política. Pelo Twitter, Gentili disse: “Maluco, tudo aqui virou política! Nunca saí de casa pra militar. Eu saí de casa pra fazer humor. Eu comecei a militar contra o politicamente correto porque uma patrulha de correção política começou a encher. Eu achei que quando essas MAVsPT se enfraquecessem as coisas iam normalizar. Tô...

Os ídolos da direita e apoiadores de Jair Bolsonaro estão abandonando as redes sociais, pelo menos quando o assunto for política. Depois do astrólogo Olavo de Carvalho, “guru” da família do presidente, agora é a vez do “humorista” Danilo Gentili dizer que não vai mais falar de política.

Pelo Twitter, Gentili disse: “Maluco, tudo aqui virou política! Nunca saí de casa pra militar. Eu saí de casa pra fazer humor. Eu comecei a militar contra o politicamente correto porque uma patrulha de correção política começou a encher. Eu achei que quando essas MAVsPT se enfraquecessem as coisas iam normalizar. Tô fora do debate. Deixei de seguir perfis que falam de política e me pilham a opinar. Eu já tô véio e tô querendo é paz”.

A reação nas redes foi imediata. Vejam alguns comentários:

“Por que todo bolsominion é covardão? Até pra assumir, né… feio isso”.

“Esse não é aquele cara que é contra Paulo Freire ‘não gosta das pessoas que defendem o Paulo Freire. Ele parece um estelionatário falando”’.

Veja também:  Sou da Paz: Bolsonaro debocha com o Congresso com novos decretos de armas

“Conquanto o governo era outro, sua liberdade de expressão era total. Agora emanando apoio, o indivíduo percebeu a ditadura a qual se posicionou a favor. No bom português, arregão! A propósito, não vale minha digitação”.

“Recolhendo a cauda depois de destilar muito ódio em forma de humor”.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum