O que o brasileiro pensa?
10 de fevereiro de 2020, 16h59

Alencar Santana: o PT faz 40 anos e nossa razão de existir ainda vive

"Temos uma responsabilidade militante com o Brasil pois nossas razões de existir nunca estiveram tão fortes"

Foto: Cláudio Kbene

Por Alencar Santana*

Mesmo quatro décadas depois de sua fundação, as razões pelas quais o PT foi criado, infelizmente, ainda estão presentes no Brasil, que caminha com Bolsonaro para um período sombrio e antidemocrático.

Nascemos, como partido, do confronto direto à ditadura e à repressão, da luta contra as injustiças sociais, do grito popular por mais liberdade e do sonho de vivermos em um país moderno, fraterno e soberano, com um Estado forte, garantidor de direitos, de respeito pela diversidade e atuante para seu povo.

Ao longos dos últimos 40 anos, vivemos, sim, momentos de avanços, como o direito ao voto direto, as conquistas cidadãs registradas em nossa Constituição de 1988 e um longo período de vitórias sociais, em especial de 2002 a 2016, onde estivemos à frente do país e celebramos nossa pluralidade e nossa diversidade.

Durante o governo do presidente Lula, a população brasileira experimentou a redução da pobreza e das desigualdades, o aumento da capacidade de consumo, a ampliação e modernização de nosso mercado de trabalho, a expansão da massa salarial e da renda e a melhoria de todos os indicadores sociais e de participação cidadã.

Foi um período em que o desenvolvimento econômico inclusivo, a habitação popular, a cultura, o combate à fome e os investimentos em educação e saúde foram prioridades.

Assim como a expansão dos direitos, com políticas afirmativas e de reparação histórica com negros, mulheres e comunidades tradicionais.

No entanto, o gráfico de crescimento democrático sofreu um gravíssimo revés e agora, com o governo Bolsonaro, resultado da união dos liberais com a extrema direita, vemos um rápido avanço do projeto de destruição do Estado e retirada de todo e qualquer direito humano e cidadão, em especial aos mais pobres.

Vem do próprio presidente e de seus aliados a tentativa de implantação de um regime autoritário e violento, fundamentado na censura e na perseguição de todos que pedem por justiça ou mesmo que denunciam os rumos antissociais e antidemocráticos do país.

Por isso, mais do nunca, o PT precisa lutar.

O PT é maior partido do país e Lula o maior líder político em atividade na esquerda latino-americana e temos responsabilidades com a história e com o povo brasileiro.

Não podemos nos furtar de nosso papel e, mais do que nunca, as razões para lutar estão postas, cabendo aos nossos dirigentes e a toda militância a obrigação de, como Lula, fazer um grande e democrático levante contra a agenda fascista, liberal e antipovo de Bolsonaro e seus aliados.

Vamos às ruas! Vamos mobilizar o povo! Vamos fazer história! Parabéns ao PT!

*Alencar Santana é deputado federal pelo PT de São Paulo


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum