Fórum Educação

#Debates

01 de Maio de 2020, 16h12

Dia de consciência da classe trabalhadora, por Enio Verri

"Dia de lembrar de todas e todos que tombaram durante o enfrentamento pelo direito de acesso aos bens produzidos"


01 de Maio de 2020, 10h13

Brasil 2020: O que o psicopata Emilio Massera pode nos ensinar?

Massera era um exibicionista do poder e não escondia de ninguém suas falcatruas pessoais e familiares, matando, diga-se de passagem, inúmeras pessoas que por um instante tentaram impedi-lo de realizar seus feitos abjetos e absurdos


01 de Maio de 2020, 00h05

O pastor e doutor ministro da Justiça: terrivelmente evangélico e academicamente medíocre, por Marcos Danhoni

"Ao olhar as fotos perturbadoras desse novo ministro vemos os mesmos olhares de todos os membros que participam deste Desgoverno", por Marcos Danhoni


30 de abril de 2020, 22h56

Propostas de ação no campo econômico-produtivo para o “dia depois”: provocando o debate, por Renato Dagnino

"A referência à política pública implementada por governos de esquerda torna conveniente uma reflexão sobre um programa alternativo"


30 de abril de 2020, 22h21

O Brasil precisa fazer uma autocrítica, por Denis Carvalho

"A reflexão de olhar mais para si e qual seu papel no meio disso tudo pode ser muito mais positiva"


29 de abril de 2020, 22h53

Coronavírus evidencia falta dos médicos cubanos, por João Marcelo Goulart

"Sempre me questionam sobre ter estudado em Cuba: muitos ignoram mas o país tem os melhores indicadores de saúde do mundo"


29 de abril de 2020, 19h32

Um horror na presidência em meio aos horrores na pandemia, por Chico Vigilante

"Por tudo que já vimos, não acredito que essa figura horrorosa pare de afrontar a dignidade do cargo e chamo nosso povo a gritar #ForaBolsonaro"


29 de abril de 2020, 17h26

Até quando?, por Jorge Solla

"Por que tanta relutância do governo Bolsonaro em fazer valer a lei e realizar o exame do Revalida, para que os 15 mil médicos formados no exterior possam conquistar seus registros e ajudar nessa guerra? Que interesse corporativo é mais importante?"


28 de abril de 2020, 22h33

O silenciamento da pandemia na África pela mídia brasileira, por Paulo Victor Melo

"Há uma invisibilização sobre o que se passa no continente em que atualmente vivem mais de 1 bilhão e 200 mil pessoas"


28 de abril de 2020, 22h06

Bolsonaro e o desafio à Ciência Política, por Carlos Sávio Teixeira

"No Brasil, o fenômeno Bolsonaro tem representado também um duro golpe na ciência política"


28 de abril de 2020, 21h11

Taxar fortunas hoje para reduzir impostos amanhã, por Zeca Dirceu

"Cobrar mais impostos dos milionários e bilionários desse país ajudaria a estabilizar as contas e melhorar os serviços públicos oferecidos à população"


27 de abril de 2020, 22h41

PEC 10: orçamento é de guerra, mas a favor de bancos; por Maria Lucia Fattorelli

"O orçamento é de guerra, mas a favor de bancos e nada para os pobres. Rejeição urgente", defende a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida


27 de abril de 2020, 19h10

O SUS e a pandemia, por Edson Arpini

O enfrentamento à pandemia tornou-se uma oportunidade de aproximação de setores para que trabalhem de forma integrada: áreas tecnológicas, ciências básicas e saúde assistencial


coronavírus
27 de abril de 2020, 17h27

País deve ter geração de órfãos da pandemia, por Ariel de Castro Alves

Diante da iminência das situações de riscos, precisamos tratar de políticas públicas, serviços e redes de proteção comunitárias que poderão acolher, proteger e amparar os milhares de órfãos da pandemia


26 de abril de 2020, 16h23

Moro saiu e o bolsonarismo rachou. Quais alternativas para a crise brasileira?

As eleições deram a vitória à Bolsonaro graças ao impedimento de Lula, à publicidade que Moro atribuiu à delação criminosa de Palocci, e ao esquema ilegal de fakenews. A gravidade do momento não é consequência do indivíduo Bolsonaro, mas da aliança das mais diversas frações do capital, sedimentando um projeto de poder fundado no neoliberalismo, milicianismo e lavajatismo. Se Bolsonaro é o líder que mobiliza um setor mais reacionário da sociedade, a totalidade desta coalizão, cimentada desde o golpe de 2016, é a responsável pelos recorrentes ataques aos direitos da classe trabalhadora e à democracia.