Fórumcast, o podcast da Fórum
19 de julho de 2019, 21h50

Tereza Campello: A fome está de volta, Bolsonaro

Em artigo, ex-ministra do Desenvolvimento Social e combate à fome lamenta que o presidente da República deboche dos pobres e diga que a fome no Brasil é uma mentira

Arquivo/Agência Brasil

Por Tereza Campello*, publicado originalmente no Blog da Dilma 

Nesta sexta-feira, 19 de julho, o mundo assistiu estarrecido Jair Bolsonaro, numa farta mesa de café da manhã, debochando dos pobres. Chegou a dizer que é uma grande mentira falar em fome no Brasil.

Ele deveria ter começado reconhecendo o legado de Lula, que de fato reduziu a fome no Brasil em 82%. Por isso, o governo do PT recebeu das Nações Unidas o prêmio por ter tirado o país do Mapa da Fome. O Brasil caminhava rapidamente para um país de Fome Zero.

Antes de Lula, muitos passavam fome, mesmo o Brasil sendo um dos maiores produtores de alimentos do mundo.

O povo passava fome porque não tinha acesso à comida. Não tinha renda.
Foi gerando 21 milhões de empregos, aumentando o salário mínimo e criando o Bolsa Família que reduzimos drasticamente a fome.

Um dos êxitos do Bolsa Família é que o programa foi responsável pela redução de 60% da mortalidade infantil causada por desnutrição.

Bolsonaro deveria sair às ruas para ver que o velho Brasil está de volta: crianças trabalhando nas esquinas, pessoas catando comida em lata de lixo, idosos dormindo na rua.

É o Brasil de volta ao Mapa da Fome.

* Tereza Campello é ex-ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum