Imprensa livre e independente
20 de março de 2019, 19h22

Decreto de Bolsonaro que liberou turistas sem visto é alvo de contestação no Congresso

Para congressistas postura de Bolsonaro de retirar exigência de visto para norte-americanos é sinal de subserviência do governo

Foto: Alan Santos/PR
Um dia após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciar que dispensou o visto para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão que viajarem ao Brasil, congressistas protocolaram uma série de requerimentos para tentar barrar a iniciativa. Segundo o Itamaraty, o governo federal vai deixar de arrecadar R$ 60,5 milhões por ano (em média) com a emissão de vistos para cidadãos desses países. Para a deputada Marília Arraes (PT-PE), os acordos assinados nos EUA por Bolsonaro afetam a soberania nacional do país. “Essa visita comprovou o que nós vínhamos falando, mas de forma piorada, com mais subserviência e sem exigir reciprocidade...

Um dia após o presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciar que dispensou o visto para turistas dos Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão que viajarem ao Brasil, congressistas protocolaram uma série de requerimentos para tentar barrar a iniciativa. Segundo o Itamaraty, o governo federal vai deixar de arrecadar R$ 60,5 milhões por ano (em média) com a emissão de vistos para cidadãos desses países.

Para a deputada Marília Arraes (PT-PE), os acordos assinados nos EUA por Bolsonaro afetam a soberania nacional do país. “Essa visita comprovou o que nós vínhamos falando, mas de forma piorada, com mais subserviência e sem exigir reciprocidade no caso dos vistos”, ressaltou Marília. Na visão da parlamentar, Bolsonaro se apresentou ao mundo de forma subserviente e indigna.

“O programa espacial brasileiro foi um marco na afirmação da soberania nacional que aconteceu nos governos Lula e agora vemos que nosso projeto científico também foi entregue de forma subserviente aos norte-americanos”, disse a deputada.

“Há enorme preocupação no país em razão da falta de transparência e pelo desencontro de informações por parte do presidente”, ressaltou no pedido o líder do PSOL Ivan Valente.

Veja também:  Assessor da presidência da República diz que foi atacado por hackers chineses

Para o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), a justificativa que vai melhorar o turismo do país não se confirma. “Essa medida não tem precedente na história nacional. É um princípio básico do direito internacional a reciprocidade, por isso estamos apresentando esse requerimento com fins de sustar esse absurdo”, afirmou o congressista.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum