Imprensa livre e independente
17 de julho de 2014, 19h17

Delegado vai indiciar e pedir a prisão preventiva de 26 ativistas no Rio de Janeiro

Alessandro Thiers declarou que vai entregar o inquérito nesta sexta-feira ao MP; ativistas serão acusados de formação de quadrilha

Alessandro Thiers declarou que vai entregar o inquérito nesta sexta-feira ao MP; ativistas serão acusados de formação de quadrilha Por Redação Os ativistas que foram libertados na madrugada desta quinta-feira (17) podem voltar à cadeia. O delegado que cuida do inquérito, Alessandro Thiers, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, declarou que vai indiciá-los por formação de quadrilha qualificada e pedir a prisão preventiva dos 26 ativistas que são investigados por “violência nas manifestações”. Thiers disse que vai entregar o inquérito ao MP nesta sexta-feira (18). A defesa dos cinco ativistas que permanecem presos no...

Alessandro Thiers declarou que vai entregar o inquérito nesta sexta-feira ao MP; ativistas serão acusados de formação de quadrilha

Por Redação

Os ativistas que foram libertados na madrugada desta quinta-feira (17) podem voltar à cadeia. O delegado que cuida do inquérito, Alessandro Thiers, da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática, no Rio de Janeiro, declarou que vai indiciá-los por formação de quadrilha qualificada e pedir a prisão preventiva dos 26 ativistas que são investigados por “violência nas manifestações”. Thiers disse que vai entregar o inquérito ao MP nesta sexta-feira (18).

A defesa dos cinco ativistas que permanecem presos no Complexo de Gericinó, em Bangu, entrou com novo pedido de habeas corpus. Continuam presos Elisa Quadros Pinto Sanzi (a Sininho), Tiago Teixeira Neves da Rocha, Eduarda Oliveira Castro de Souza, Camila Aparecida Rodrigues Jourdan e Igor Pereira D’lcarahy.

O pai de Elisa Quadros, Antônio Sanzi, declarou que a filha não estaria presente nos atos que aconteceriam na final da Copa do Mundo, no Rio de Janeiro. Segundo Sanzi, ela permaneceria em Porto Alegre. Também comentou que Elisa Quadros está fazendo o que “todos os jovens deveriam estar fazendo” e que “o Brasil vive sob um Estado-policial”.

Veja também:  FHC defende permanência de Aécio Neves no PSDB até decisão judicial

Foto de capa: Reprodução

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum