Imprensa livre e independente
18 de agosto de 2018, 09h58

Deltan Dallagnol pode ser investigado por criticar ministros do STF

O procurador falou, em entrevista a uma rádio que três deles formam uma “panelinha” e “mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção”

O procurador Deltan Dallagnol. Foto: Vladimir Platonow/Repórter da Agência Brasil)
De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, o STF (Supremo Tribunal Federal) pode abrir um inquérito para investigar o procurador Deltan Dallagnol, da Operação Lava Jato, por críticas feitas a ministros da corte. O procurador falou, em entrevista a uma rádio que três deles, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, formam uma “panelinha” e “mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção” com decisões que têm tomado. Tanto a corregedoria do MPF (Ministério Público Federal) quanto a do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) abriram procedimentos, nesta sexta (17), para averiguar o teor das declarações dele. Magistrados...

De acordo com a coluna de Mônica Bergamo, o STF (Supremo Tribunal Federal) pode abrir um inquérito para investigar o procurador Deltan Dallagnol, da Operação Lava Jato, por críticas feitas a ministros da corte.

O procurador falou, em entrevista a uma rádio que três deles, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski, formam uma “panelinha” e “mandam uma mensagem muito forte de leniência a favor da corrupção” com decisões que têm tomado.

Tanto a corregedoria do MPF (Ministério Público Federal) quanto a do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) abriram procedimentos, nesta sexta (17), para averiguar o teor das declarações dele.

Magistrados pretendem analisar a conduta de Dallagnol do ponto de vista penal e um deles pensa até em propor uma ação por danos morais. As medidas a serem tomadas são insuficientes e preveem apenas sanções administrativas.

Dallagnol não quis falar sobre o assunto. Em casos semelhantes, procuradores têm invocado o direito à liberdade de expressão para dizer que não há crime em suas declarações.

Veja também:  Embaixador, por que não?!, por Marcos Danhoni

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum