Imprensa livre e independente
05 de julho de 2019, 09h42

Deputado diz que Moro prevaricou para defender corruptos e deve deixar ministério “ainda hoje”

Rogério Correia (PT-MG) exigiu a renúncia imediata de Sérgio Moro: "É inconcebível que se mantenha como chefe da Polícia Federal"

Sergio Moro e Eduardo Cunha (Montagem)
Ao comentar sobre reportagem da Vaza Jato publicada nesta sexta-feira (5) na Revista Veja, o deputado federal Rogério Correia (PT-MG) exigiu a renúncia imediata de Sérgio Moro e afirmou que o ex-juiz prevaricou para defender Eduardo Cunha. “Em outras palavras, Moro prevaricou para defender corruptos de quem julgava necessitar para seus propósitos. Precisa deixar o Ministério da Justiça ainda hoje, pois é inconcebível que se mantenha como chefe da Polícia Federal”, publicou Correia em seu Twitter. Em outras palavras, Moro prevaricou para defender corruptos de quem julgava necessitar para seus propósitos. Precisa deixar o Ministério da Justiça ainda hoje, pois é...

Ao comentar sobre reportagem da Vaza Jato publicada nesta sexta-feira (5) na Revista Veja, o deputado federal Rogério Correia (PT-MG) exigiu a renúncia imediata de Sérgio Moro e afirmou que o ex-juiz prevaricou para defender Eduardo Cunha.

“Em outras palavras, Moro prevaricou para defender corruptos de quem julgava necessitar para seus propósitos. Precisa deixar o Ministério da Justiça ainda hoje, pois é inconcebível que se mantenha como chefe da Polícia Federal”, publicou Correia em seu Twitter.

A declaração de Correia aborda principalmente o fato de Moro ter atuado contra a realização de delação do ex-presidente da Câmara dos Deputado, Eduardo Cunha (MDB-RJ). Nas conversas, o ex-juiz expõe sua insatisfação com acordo de delação que era considerado “bombástico” por procuradores. Cunha comandava o processo de impeachment de Dilma na época.

Veja também:  Senador Marcos do Val quer que CIA ou FBI faça auditoria em áudios e mensagens da Vaza Jato

“Sempre foi uma dúvida que pairava: por que afinal o ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha não faz uma delação? Todos sabiam o efeito explosivo que tal delação teria. Estranhamente, porém, a delação não saía. Agora sabemos o motivo principal para isso: Moro era contra”, comentou Correia.

Em audiência de Moro na CCJ, Correia já havia pedido a demissão do ministro em duro discurso, agora ele afirma que a continuidade do ex-juiz no posto não pode passar desta sexta-feira.

Renato Rovai, editor da Fórum, comenta no vídeo abaixo essa nova reportagem da parceria The Intercept e Veja. Assista:

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum