Imprensa livre e independente
17 de janeiro de 2019, 10h18

Deputado reeleito, Eduardo Bolsonaro também recebeu auxílio-mudança de R$ 33,7 mil

Auxílio seria pago só em janeiro, quando Jair Bolsonaro já não seria mais membro da casa. Maia antecipou o pagamento para dezembro, beneficiando o presidente

(Foto: Lula Marques/ Arquivo)
O Painel, da Folha revela que o deputado federal reeleito, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), recebeu, dia 28 de dezembro, assim como o pai, o auxílio-mudança de R$ 33,7 mil pago pela Câmara todo fim de legislatura. Até o fim do dia, nem ele nem o filho haviam manifestado à Casa intenção de restituir os valores. Já contabilizadas as recusas até o momento, a Câmara gastará ao todo, com o extra de dezembro e o de fevereiro, R$ 34,1 milhões. Auxílio de Maia Foi graças a uma decisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) de antecipar em um mês o pagamento do auxílio-mudança de...

O Painel, da Folha revela que o deputado federal reeleito, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), recebeu, dia 28 de dezembro, assim como o pai, o auxílio-mudança de R$ 33,7 mil pago pela Câmara todo fim de legislatura.

Até o fim do dia, nem ele nem o filho haviam manifestado à Casa intenção de restituir os valores.

Já contabilizadas as recusas até o momento, a Câmara gastará ao todo, com o extra de dezembro e o de fevereiro, R$ 34,1 milhões.

Auxílio de Maia

Foi graças a uma decisão do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) de antecipar em um mês o pagamento do auxílio-mudança de R$ 33,7 mil pago pela Câmara todo fim de legislatura, o presidente eleito Jair Bolsonaro pôde receber o benefício. Maia é candidato à reeleição ao posto.

Normalmente o auxílio-mudança é depositado na conta dos parlamentares no final do mandato, que é 31 de janeiro. Sob o argumento de que havia uma folga orçamentária nas contas da Câmara em 2018, Maia decidiu pagar o auxílio a todos no dia 28 de dezembro.

Veja também:  Sobre compra de votos pela previdência, Bolsonaro diz que "parlamento está mais que consciente"

Caso o benefício fosse depositado no final de janeiro, há dúvidas sobre se Bolsonaro poderia recebê-lo, já que ele deixou de ser deputado.

Somado ao seu salário de deputado daquele mês e acrescido à metade do 13º, Bolsonaro recebeu R$ 84,3 mil brutos no mês passado.

Com informações da Folha

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum