Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

08 de fevereiro de 2019, 09h51

Desorganização da base aliada no Congresso preocupa Planalto

Durante a semana líder do governo major Victor Hugo (PSL-GO) sofreu boicote de deputados da base aliada enquanto projeto de deputado do PSL causou mal estar no governo

Foto: Luis Macedo/Agência Câmara

A desorganização da base aliada do governo de Jair Bolsonaro no Congresso Nacional preocupa aliados próximos do presidente. Na primeira semana de trabalhos no legislativo os resultados não são nada animadores:

  1. O líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (PSL-GO), sofreu nesta semana boicote de deputados da base. Hugo tentou reunir líderes para estreitar laços, mas poucos atenderam ao pedido de reunião. A artilharia parte principalmente do DEM e PRB, que estão na linha de frente para destroná-lo do cargo;
  2. A insistência na pauta de costumes é outro motivo de dor de cabeça. Esta semana repercutiu mal entre alas do governo projeto do deputado Márcio Labre (PSL-RJ) para proibir a pílula do dia seguinte a mulheres. Por mais que o deputado tenha tirado o projeto de pauta após repercussão, o estrago já foi feito e escancarou, mais uma vez, a capacidade do partido do presidente em causar embaraços.

Em tempo: a escolha para líder do Governo é uma decisão única do presidente da República, logo, uma derrota de Hugo é também uma derrota direta de Jair Bolsonaro, que não soube escalar alguém com desenvoltura para liderar sua tropa de choque no Congresso.

Veja também:  Vaza Jato: Haddad diz que há dúvidas de que a mídia brasileira seja a favor da liberdade de imprensa

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum