Gleisi Hoffmann sobre agressão a professores: “Um atentado contra os direitos humanos”