“Política de segurança não se faz com base no Ibope”