Bandeirismo no século XXI: Quando a imprensa colabora com o genocídio indígena