“A TV aberta no Brasil é de uma pobreza absoluta”